Museu Nacional - UFRJ

Caryota mitis 

      

Foto Caryota mitis

 

Nome científico: Caryota mitis Lour.

Família: Arecaceae

Nomes populares: palmeira-rabo-de-peixe (por causa do formato dos folíolos), cariota-de-touceira

Origem: Índia e Malásia

Altura média: 5-10 m

Características morfológicas: Troncos múltiplos anelados, formando touceira. Folhas bipinadas, com pinas na forma de cunha e ápice denteado, lembrando cauda de peixe. Inflorescências na axila das folhas, formadas ao mesmo tempo de cima para baixo, pendentes, curtas e ramificadas. Frutos globosos, de superfície lisa, com cristais de oxalato de cálcio, posteriormente avermelhados e finalmente pretos.

Cultivo: Multiplica-se por sementes, mas o tempo de germinação pode variar de muito. O despolpamento é o método mais eficaz para acelerar a germinação. Mudas formam-se espontaneamente nas proximidades da planta, devido a grande quantidade de sementes produzidas.

Utilidades econômicas: Espécie bastante disseminada, cultivada com frequência em parques e jardins. Destaca-se pelo efeito notável da folhagem.

Toxicidade: Os frutos causam irritação à pele quando manipulados devido à presença de cristais de oxalato de cálcio.

No horto: Existem dois indivíduos.

 

 

 

Voltar ao Topo