Museu Nacional - UFRJ

Livistona rotundifolia



 Fotos livistona rotundifolia     

Nome científico: Livistona rotundifolia (Lam.) Mart.

Família: Arecaceae

Nomes populares: palmeira-leque

Origem: Filipinas, Indonésia, Java.

Altura média: 12-15m

Características morfológicas: Tronco simples, pardo, revestido durante a juventude por tecido uniformemente trançado, liso, anelado e claro com a idade. Folhas em leque, orbiculares, eretas, pouco divididas quando novas, firmes, com espinhos na base do pecíolo, ausentes com a idade. Inflorescência entre as folhas, pendente, longa, com brácteas marrom-avermelhadas. Frutos globosos, vistosos, de cor vermelha e depois preta quando maduros.

Cultivo: Desenvolve-se bem até mesmo em clima subtropical ameno. Suas sementes germinam em cerca de 60 dias.

Período de florescimento e frutificação: Frutificação ocorre nos meses de verão.

Utilidades econômicas: Espécie pouco difundida, muito procurada para cultivo em vasos em virtude da forma das folhas caracteristicamente circulares. Adequada para parques e jardins, isoladamente, em grupos ou fileiras. Os troncos são utilizados para fabricação de cabos de ferramentas e em construções.

No horto: Existe um indivíduo antigo e vários jovens.


 
 
 

Voltar ao Topo


Localização

Quinta da Boa Vista, São Cristóvão

Rio de Janeiro - RJ

CEP: 20940-040

(Veja no Google)

Expediente

Nossas exposições estão fechadas ao

público por tempo indeterminado em

virtude do incêndio que destruiu

grande parte de nossas coleções.

Contato

Informações: museu@mn.ufrj.br

Direção: falecomdiretor@mn.ufrj.br

Assessoria de Imprensa: imprensa@mn.ufrj.br

Visitas em Grupo: agendamento.nap@mn.ufrj.br

Copyright © Museu Nacional/UFRJ

WEBDESIGNER: Jenyfer Lima