Museu Nacional - UFRJ

 Geophagus brasiliensis

  

Fotos Geophagus brasiliensis      

Nome científico: Geophagus brasiliensis   (Cuoy & Gaimard, 1824)

Ordem: Perciformes.

Família: Cichlidae.

Nomes populares: Caraúna, Cará, Acará, Beré.

Distribuição: Bacias hidrográficas costeiras, tanto em ambientes dulcícolas quanto salobros, no Brasil 
e Uruguai. 

Características: Espécie de pequeno a médio porte, com coloração geral indo do amarelo até o creme, com pontos azuis iridescentes. Presença de mancha escura na lateral do corpo e listra vertical escura cortando o olho verticalmente. Apresenta dimorfismo sexual quando maduros, isto é, machos maduros são maiores que as fêmeas e apresentam uma protuberância sobre a cabeça.

Considerações: Apresenta cuidado parental. O macho e a fêmea constroem juntos um ninho e defendem seus filhotes desde a desova até adquirirem independência. Alguns casais, por exemplo, cavam buracos na areia de rios e lá agrupam seus filhotes para melhor protegê-los de predadores, outros carregam seus filhotes sempre na boca. Espécie utilizada no aquarismo.
 

 

 

Voltar ao Topo


Localização

Quinta da Boa Vista, São Cristóvão

Rio de Janeiro - RJ

CEP: 20940-040

(Veja no Google)

Expediente

As exposições do Museu

estão abertas de terça-feira a domingo.

Clique abaixo para detalhes do horário.

(Ver horários)

Contato

Informações: museu@mn.ufrj.br

Direção: falecomdiretor@mn.ufrj.br

Assessoria de Imprensa: imprensa@mn.ufrj.br

Visitas em Grupo: agendamento.nap@mn.ufrj.br

Copyright © Museu Nacional/UFRJ

WEBDESIGNER: Jenyfer Lima