Museu Nacional - UFRJ

 Poecilia reticulata

      

Poecilia reticulata 

 

Nome científico: Poecilia reticulata   (Peters, 1859)

Ordem: Cyprinodontiformes.

Família: Poeciliidae.

Nomes populares: Barrigudinho, Barrigudo, Lebiste, Guppy.

Distribuição: Originalmente encontrada em Caracas e Venezuela, tendo sido introduzida em várias
regiões do globo para controle de mosquitos transmissores de doenças como a dengue, malária,
dentre outras. Provavelmente desta forma tenham chegado ao Horto Botânico. 

Características: Pequeno porte. Machos mais coloridos do que fêmeas, com padrões diversos de coloração. Fêmeas maiores e de coloração parda. Espécie ovovivípara (fertilização interna). Os machos da família Poeciliidae possuem a nadadeira anal modificada em um órgão copulador em forma de tubo, chamado de gonopódio. A inseminação ocorre pelo contato do gonopódio com o poro urogenital da fêmea.

Considerações: Muito apreciada no aquarismo, tendo sofrido diversas modificações genéticas, principalmente por seleção artificial, para diversificar o colorido e aumentar o tamanho das nadadeiras. Hoje em dia há diversas linhagens de Poecilia reticulata nos aquários de todo o mundo e muitos dos principais criadores brasileiros participam de exposições que envolvem somente essa espécie.

 

 

Voltar ao Topo