Museu Nacional - UFRJ

 Ficus benghalensis

  

ficus benghalensis

 

Nome científico: Ficus benghalensis L.

Família: Moraceae

Nomes populares: Bargá, figueira-de-bengala.

Origem: Golfo de Bengala, Índia e Bangladesh

Altura média: 35m

Características morfológicas: O tronco principal é acrescido de caules secundários que se originam de raízes aéreas. O crescimento destas outras raízes fazem que o diâmetro desta árvore chegue a grandes extensões. As folhas são ovais a oval-elíptica, aveludadas ao tato na parte inferior. Seus figos são aos pares, axilares, sésseis, pubescentes, alaranjados a vermelhos, globosos, diâmetro até 2,2cm.

Utilidades econômicas: Os figos alaranjados a vermelhos causam belo efeito ornamental.

Propriedades medicinais: Seu extrato possui ação antibacteriana. 

Características interessantes: É conhecida como a verdadeira árvore banian da Índia, cujo nome significa negociante, com alusão ao fato de que os indianos montavam os pequenos negócios debaixo de suas copas.

No Horto: Existem 2 indivíduos. O maior indivíduo apresenta diâmetro do conjunte de caules de mais de 15 metros.
 

 

 

 

Voltar ao Topo


Localização

Quinta da Boa Vista, São Cristóvão

Rio de Janeiro - RJ

CEP: 20940-040

(Veja no Google)

Expediente

As exposições do Museu

estão abertas todos os dias.

Clique abaixo para detalhes do horário.

(Ver horários)

Contato

Informações: museu@mn.ufrj.br

Direção: falecomdiretor@mn.ufrj.br

Assessoria de Imprensa: imprensa@mn.ufrj.br

Visitas em Grupo: agendamento.nap@mn.ufrj.br

Copyright © Museu Nacional/UFRJ

WEBDESIGNER: Jenyfer Lima