Museu Nacional - UFRJ

  Gustavia augusta

  

Fotos Gustavia Augusta
 

Nome científico: Gustavia augusta L.

Família: Lecythidaceae

Nomes populares: Pau-fedorento, geniperana, jeniparana, jandiparana, janiparandiba, japaranduba, japuaranduba, general, mucurão, membrillo.

Origem: América do Sul.

Distribuição geográfica: Região norte e nordeste do Brasil.

Altura média: 6-10m

Características morfológicas: O caule, quando cortado, tem odor desagradável, daí vem o nome popular pau-fedorento. As folhas são grandes e as inflorescências terminais nos ramos, com 1-8 flores grandes, perfumadas, branco-róseas; frutos globosos, com polpa amarelada quando maduros e 2-20 sementes.

Cultivo: As sementes secas devem ser postas para germinar na sombra. A emergência ocorre em 40-60 dias. Florescem apenas depois de atingir uns 5m de altura. 
Período de florescimento e frutificação: Floresce com maior intensidade de outubro a dezembro e os frutos tornam-se maduro nos meses de março e maio.

Utilidades econômicas: Como ornamental e na arborização. A casca serve para o curtimento e couros. A madeira pode ser usada em construção. E a polpa dos frutos é comestível.

Propriedades medicinais: É laxante, antioxidante e descongestionante.

Características interessantes: As flores são visitadas por abelhas, borboletas e pássaros. Macacos conseguem abrir os frutos e comer sua polpa e sementes.

No Horto: Existem 4 induvíduos sendo que o maior deles  foi plantado por Margaret Mee, a convite de Luiz Emygdio de Mello Filho, na década de 1970.

 

 

 

Voltar ao Topo


Localização

Quinta da Boa Vista, São Cristóvão

Rio de Janeiro - RJ

CEP: 20940-040

(Veja no Google)

Expediente

As exposições do Museu

estão abertas de terça-feira a domingo.

Clique abaixo para detalhes do horário.

(Ver horários)

Contato

Informações: museu@mn.ufrj.br

Direção: falecomdiretor@mn.ufrj.br

Assessoria de Imprensa: imprensa@mn.ufrj.br

Visitas em Grupo: agendamento.nap@mn.ufrj.br

Copyright © Museu Nacional/UFRJ

WEBDESIGNER: Jenyfer Lima