Museu Nacional - UFRJ

 Hymenea courbaril

  

Fotos Hymenea Courbaril
 

Nome científico: Hymenea courbaril L.

Família: Fabaceae

Nomes populares: Jatobá, jataí, jutaí, jutaí-açu, jutaí-roxo.

Origem: Brasil.

Distribuição geográfica: Amazônia a Bahia, e de Minas Gerais a São Paulo.

Altura média: 15-20m (até 40m na região Amazônica)

Características morfológicas: Possui copa ampla e densa, tronco reto, ramificando-se à meia altura podendo chegar a 1m de diâmetro, com casca cinzento-claro, grossa na base. Não possuem raízes expostas (sapopemas). As folhas são verde-escuras com dois folíolos simétricos. As flores brancas grandes estão reunidas em pequenas inflorescências terminais. O fruto apresenta-se como vagem seca, marrom escuro, de aproximadamente 6-13cm de comprimento, contendo 3-8 sementes duras. As sementes são revestidas por polpa carnosa amarelada, farinácea, adocicada, com odor desagradável. Semente marrom, de aproximadamente 2cm.

Cultivo: Sementes germinam em cerca de 17 dias.

Período de florescimento e frutificação: Começa a florescer quando atinge os oito anos de idade. Floresce de outubro a dezembro e pode-se encontrar frutos ao longo de todo ano.

Utilidades econômicas: Considerada um patrimônio sagrado no Brasil e de fácil multiplicação, não pode faltar na composição de reflorestamentos heterogêneos e na arborização de parques e grandes jardins. A madeira é pesada, muito dura ao corte, difícil de aplainar, lixar ou furar, responde bem à colagem e à aplicação de verniz. Além disso, enverga com vapor, é boa de tornear e muito resistente a fungos e cupins. Madeira utilizada na construção civil e também como material de assoalho, instrumentos musicais e portas. Fornece a resina Jutaicica, também conhecida como “copal do Brasil”, um produto translúcido, de cor variável do amarelo-claro ao castanho, sem cheiro, que é utilizada na produção de verniz para marcenaria e estamparia, bem como para o preparo de incenso. A polpa do fruto pode ser utilizada na alimentação e é rica em nutrientes.

Propriedades medicinais: Descongestionante, antibacteriana, fungicida.

Características interessantes: Os índios usavam sua madeira para construir canoas.

No Horto: Existem 5 indivíduos sendo o maior deles a árvore mais alta do Horto. Foram observadas sempre com frutos.
 

Voltar ao Topo


Localização

Quinta da Boa Vista, São Cristóvão

Rio de Janeiro - RJ

CEP: 20940-040

(Veja no Google)

Expediente

As exposições do Museu

estão abertas de terça-feira a domingo.

Clique abaixo para detalhes do horário.

(Ver horários)

Contato

Informações: museu@mn.ufrj.br

Direção: falecomdiretor@mn.ufrj.br

Assessoria de Imprensa: imprensa@mn.ufrj.br

Visitas em Grupo: agendamento.nap@mn.ufrj.br

Copyright © Museu Nacional/UFRJ

WEBDESIGNER: Jenyfer Lima