Museu Nacional - UFRJ

  Rupornis magnirostris  

 

foto Rupornis magnirostris


 

Nome científico: Rupornis magnirostris  

Família: Accipitridae

Distribuição: Do México à Argentina e em todo o Brasil. 

Nome popular: Gavião-carijó.

Características: Tem um papel indispensável no equilíbrio da fauna como regulador populacional, evitando uma superpopulação de roedores e aves pequenas, como é o caso dos ratos e pombos nos centros urbanos. Consome desde insetos até aves e lagartos. Procura os abrigos diurnos de morcegos para atacá-los enquanto dormem. Ataca ninhos de outras aves e por isso é ferozmente perseguido por suiriris, bem-te-vis e tesourinhas. Habita os mais variados ambientes: campos, bordas de matas, áreas urbanas, etc., sendo mais raro em áreas densamente florestadas. Vive em casais que constroem um ninho de gravetos revestido por folhas com cerca de meio metro de diâmetro, geralmente no topo de uma árvore grande. Costuma voar em casais, fazendo movimentos circulares enquanto os dois vocalizam em dueto.

Etimologia: do grego rhupos = sujeira, sujo; e ornis = pássaro; e do latim magnus = grande; e rostris = bico. ⇒ gavião sujo com bico grande ou falcão de bico grande 

Tamanho: 41 cm.



Voltar ao Topo


Localização

Quinta da Boa Vista, São Cristóvão

Rio de Janeiro - RJ

CEP: 20940-040

(Veja no Google)

Expediente

Nossas exposições estão fechadas ao

público por tempo indeterminado em

virtude do incêndio que destruiu

grande parte de nossas coleções.

Contato

Informações: museu@mn.ufrj.br

Direção: falecomdiretor@mn.ufrj.br

Assessoria de Imprensa: imprensa@mn.ufrj.br

Visitas em Grupo: agendamento.nap@mn.ufrj.br

Copyright © Museu Nacional/UFRJ

WEBDESIGNER: Jenyfer Lima