O Estudo da Coleção

Em 1901, fotografias das estelas (placas com inscrições e cenas) da coleção do Museu Nacional foram mandadas aos organizadores do grande dicionário hieroglífico de Berlin, mas só em 1919, o professor H. Grapow as traduziu para o alemão. Em 1912, Alberto Childe, recém nomeado conservador de Arqueologia da instituição, estudou as coleções egípcia e clássica para publicar, em 1919, o Guia das Coleções de Arqueologia Clássica.


ESTELA
Museu Nacional